Polícia Federal prepara edital de concurso para o mês que vem


Escolha da empresa organizadora será divulgada em breve


A Polícia Federal já iniciou o processo de escolha da empresa que ficará responsável pelo concurso público. São 500 vagas para cargos de nível superior.

Ao todos, a corporação entrou em contato com 16 empresas, que já enviaram suas propostas. Nas próximas semanas, o nome da banca deve ser divulgad. O edital está previsto para ser divulgado em junho, conforme já informou a ministra da Segurança Pública Raul Jungmann.


A autorização para abertura do certame foi divulgado no dia 20 de abril e o prazo para publicação das regras é de seis meses, ou seja, até 20 de outubro.

A remuneração para os cargos de agente, papiloscopista a escrivão é de R$12.441,26 já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458. Além disso, as duas categorias contarão com reajuste em janeiro de 2019, subindo para R$ 12.980,50. Para perito e delegado, o inicial atualmente é de R$ 23.123,48 mas contará com reajuste em janeiro de 2019, quando passará para R$ 24,150,74. A carga horária é de 40 horas semanais.


Normalmente, a lotação do concurso da PF é feita preferencialmente nos postos de fronteira e nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima, permitindo a remoção de pessoal nestas localidades.