quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Concurso PRF: Câmara aprova aumento salarial e salários chegarão a até R$ 10.357,88! Novo edital em breve!

Boa notícia para os concurseiros que almejam uma vaga no próximo concurso público da Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF). Acontece que foi aprovado na Câmara dos Deputados, o projeto de lei 5865/2016, que prevê aumentos progressivos para a categoria (veja abaixo). O primeiro aumento acontecerá já em 2017.



Com o aumento, a remuneração inicial passará de R$7.177,91 para R$9.501,98 já em janeiro de 2017. No ano seguinte o salário passará para R$9.931,57, com o reajuste integral sendo pago a partir de 2019 até chegar a R$10.357,88. Os valores já estão incluso o auxílio-alimentação no valor de R$458.

Atenção se volta ao concurso

Após criar uma comissão para elaboração de um novo edital, o concurso da Polícia Rodoviária Federal ganha fortes rumores. De acordo com uma publicação (veja abaixo) do dia 22 de setembro, a corporação contratou uma empresa para fornecer um curso a servidores sobre o “Curso Concurso Público Teoria e Prática: Segurança e Eficiência no Planejamento, Realização e Controle”, o que demonstra que os preparativos para elaboração do edital de concurso da PRF seguem a todo o vapor.


De acordo com a Portaria que forma o grupo, nº 2734/2016, a minuta do edital deverá ficar pronta até 30 de novembro, com esse prazo podendo ser prorrogado por 30 dias, ou seja, até 30 de dezembro.

Caso queira acessar a portaria na íntegra, clique aqui. Ainda não se sabe mais detalhes, já que recentemente a PRF solicitou concurso com 1.500 vagas ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), mas a requisição foi negada (veja aqui) por conta da suspensão dos concursos no Executivo federal.

Toda a preocupação é causada pois a PRF pode perder até 4 mil policiais, o equivalente a 40% do seu efetivo atual de cerca de 10.000 servidores. Os recém-concursados devem ser lotados, prioritariamente, nas regiões de fronteiras. Em recente auditoria feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) apontou que o efetivo do departamento na região é insuficiente para combater os crimes de fronteira, cujo prejuízo estimado é de R$1 bilhão aos cofres públicos.


Para ingresso na carreira de Policial Rodoviário Federal, é necessário nível superior (em qualquer área) e carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria ”B”. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/UnB), foi a organizadora oficial do último concurso. Os candidatos foram avaliados por prova objetiva de conhecimentos específicos, prova discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social, avaliação de títulos e curso de formação profissional.