sábado, 16 de abril de 2016

IBGE antecipa abertura de portões do concurso para 460 vagas

Os candidatos que forem fazer a prova objetiva do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísica (IBGE) para 460 vagas de técnico em informações geográficas e estatística encontrarão os portões abertos mais cedo no domingo (17). A prova será aplicada das 13h às 17h em várias cidades do país. Assim, excepcionalmente, os portões serão abertos às 11h30, 1h30 antes do horário de início de aplicação das provas.

 A organizadora do concurso, a Fundação Getulio Vargas (FGV), recomendou que os candidatos conheçam os locais de provas e se desloquem com antecedência com a possibilidade de restrições no trânsito em razão de manifestações agendadas para o domingo.

A entidade disse ainda que manteve o horário de início de aplicação das provas, às 13h, horário de Brasília, de acordo com o edital nº 02/2015, publicado em 28 de dezembro de 2015 no Diário Oficial da União. É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização da prova e o comparecimento no horário determinado.

Concorrência
O concurso registrou um total de 511.185 inscritos para o concurso que oferece 600 vagas de nível médio e superior. São 476.437 inscritos para as 460 vagas de técnico em informações geográficas e estatística, uma concorrência média de 1.035 candidatos por vaga. Já para as 140 vagas de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e de tecnologista em informações geográficas e estatísticas são 34.748 inscritos, uma média de 248,2 candidatos por vaga.

A concorrência chega a 2.555,50 candidatos por vaga para o cargo de técnico em Nova Iguaçu (RJ) e a 2.455,71 para o mesmo cargo no Rio de Janeiro.

Do total dos inscritos, 1.912 se candidataram para as vagas reservadas para pessoas com deficiência e 48.385 para as vagas reservadas para negros.

Concurso
O concurso oferece um total de 600 vagas: 140 vagas para os cargos de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e de tecnologista em informações geográficas e estatísticas, ambos de nível superior de escolaridade, e 460 para técnico em informações geográficas e estatística, de nível médio.

Para nível superior, são 90 vagas para o cargo de analista e 50 vagas para o cargo de tecnologista.

O total da remuneração bruta poderá chegar a R$ 7.662,49 para os servidores sem titulação, a R$ 8.055,41 para os portadores de certificado de especialização, a R$ 8.448,33 para os portadores de título de mestre e a R$ 9.396,88 para os portadores de título de doutor.

Das 140 vagas, 118 são para o Rio de Janeiro e 22 para os seguintes estados: Amazonas, Amapá, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal, sendo 8 vagas reservadas para pessoas com deficiência e 8 para candidatos negros.

Para os cargos de nível superior, as provas foram aplicadas no dia 10 de abril.

Para nível médio, as 460 vagas estão distribuídas por 165 municípios de 24 estados e no Distrito Federal.

O total da remuneração bruta para técnico em informações geográficas e estatística poderá chegar a R$ 3.319,45 para os servidores sem gratificação de qualificação, que ocorre de acordo com os cursos que o candidato possuir, e a R$ 4.858,61 para os que possuem cursos de graduação ou pós-graduação, em nível de especialização, mestrado ou doutorado.